Mooji – Satsang a Holanda

Esta postagem do blog também está disponível em

Mooji – Satsang in Nederland MOOJI – SATSANG THE NETHERLANDS MOOJI – SATA LOS PAÍSES BAJOS MOOJI – SATSANG A HOLANDA
Mooji The Netherlands

Mooji The Netherlands

Attending Mooji’s Satsang

No Satsang de Mooji

Mooji, também conhecido como Anthony Paul Moo-Young é para muitos um guia espiritual dedicado a demonstrar aos buscadores da Verdade, que ‘feliz e livre’ é nosso natural modo de ser. O modo como ele o faz é permitindo-nos experimentar que por trás de nossas ideias, conceitos, crenças, sentimentos, pensamentos, impressões, lembranças e expectativas, podemos entrar em contato com o Quem sou Realmente.

Este Ser Verdadeiro é o espectador imóvel que todos nós possuímos, que é tranquilamente ciente de tudo, do Que É. Este estado do Ser, carente de ego, poderíamos consegui-lo se deixássemos tudo àquilo com o que nos identificamos, não pode se estar depressivo, nem ansioso, nem infeliz, nem apressado… Simplesmente SER.

Uma visita ao Mooji é apropriada para nós, representantes de Stichting Gezondheid, uma fundação que se esforça não unicamente pela saúde física, mas também, pela saúde emocional, psicológica e espiritual das pessoas.

Antes de começar o Satsang de Mooji na Filarmónica de Haarlem, duas mulheres de aspecto sereno, vestidas com roupa Ashram nos recebem. Somos guiados até o lugar onde devemos sentar. A sala está lotada, no ar percebe-se um cheiro suave de incenso e escuta-se uma música agradável.

Após que Mooji entra, a sala toda fica comovida. Seu rosto e sua aparência são por si terapêuticos: é impossível não sentir-se mais alegre, feliz e concentrado no aqui e no agora depois de vê-lo. Mooji tem um sorriso e um brilho nos seus olhos que irradiam um aspecto belo e amoroso. Depois de sentar-se, dedica uns minutos para contemplar os assistentes. Parece como se estivesse abençoando sem palavras a todas as pessoas na sala. Alguns começam a soluçar ou até chorar.

Logo, explica-nos que ajudará a libertar nossas identificações, para perceber que somos imensidade, calma e vácuo, a razão da existência da vida mesma.

Pede-nos não apenas deixar nossos sapatos na porta literalmente, mas também nossas opiniões, problemas, pensamentos, juízos, intenções, apegos, crenças, interpretações do presente; em resumo, tudo o conteúdo de nossa consciência. Entre mais ‘nus’ estivermos, mais perto estaremos deste Estado do Ser.

A tranquilidade invade a sala. Mooji pergunta se o Ser tem um nascimento. Uma morte. Se pode ser limitado. Ou findo. Ou impressionado, ou lisonjeado ou ofendido. Ou se pudesse ser propriedade exclusiva de alguma organização de fe… Toda vez, a resposta dos assistentes é ‘não’. O que permanece depois de ter libertado todas as identificações do ego, é o Estar Presente Em Toda Nossa Totalidade.

Parece que Mooji desse um curso intensivo de iluminação. Quer permitir experimentar a transcendência. As pessoas parecem entender a mensagem. Embora o único que Mooji exige-nos é deixar de lado nosso passado, mesmo que seja pelas poucas horas que estaremos juntos, as pessoas que têm perguntas começam a falar extensivamente sobre seu passado.. Mooji pede-nos não enxergá-lo como um guru, mas sim para ir à procura de nosso guru interno. Porém, algumas mulheres da plateia perguntam- lhe se podem abraçá-lo, já que é o único desejo que sentem. Enquanto Mooji menciona que não tem identidade, escuta-se música hindu com um sitar, provavelmente porque isto concorda com a imagem que temos de um guru, embora ele seja originariamente da Jamaica e tenha morado 40 anos em Londres.

Mooji aconselha- nos não apenas experimentar o mel proverbial, mas também ser ele mesmo. ‘Você torna-se a resposta’. Chama-nos a ligarmos com a Fonte, o Ser eterno, a experiência de vida que acabamos de experimentar. Declara que a verdadeira espiritualidade é simples. Isto faz que a vida seja mais leve, mais lúdica e mais pura. O maior descobrimento será quando soubermos que tudo está dentro de nós. ‘Your homework is to Stay Home’.

O melhor de Mooji é sua amorosa acolhida durante o evento todo. Olha-nos cheio de ternura, entendendo que as verdades mais profundas precisam de mais tempo para ser realmente compreendidas. Ele permanece tolerante, infinitamente paciente e majestosamente respeitoso, inclusive se alguém na sala fala demais querendo sobressair. Ele está disposto a encontrar-se com o outro no seu nível. ‘Obrigado’, diz Mooji. ‘Obrigado eu’.

A melhor prova de que o mundo divino existe, é uma pessoa na qual o divino é refletido, quando ele olha e escuta as pessoas, uma aceitação incondicional, uma paciência sem limites e um amor absoluto emanam do seu coração. Mooji É. Sem conceitos, opiniões, identificações, irritações, dúvidas, juízos, emoções… só Ser. Ele é a prova vivente do que prega. Seu jeito de ser é sua religião. Ele parece ter encontrado o divido no seu ser mais interior e tem colocado sua personalidade ao serviço deste Ser divino.

Mooji, é tanto o que podemos aprender de você! Obrigado pela sua inesgotável paciência com todos, sua fe tranquila é inquebrantável  na Luz invisível, que finalmente, permitirá que cada parte do Ser essencialmente indivisível, atinja sua Autorealização…

Ao chegar em casa, as palabras de Mooji ainda ecoam na mente: ‘Vocês são as sementes do Despertar num mundo dormido’…

Some impression photos:

Mooji The Netherlands

Mooji visiting The Netherlands

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mooji The Netherlands

Mooji  in The Netherlands

Tip:

Get now your Free Happyness courses

Get your FREE Happiness courses Now

Get your FREE Happiness courses Now

 

This entry was posted in blog, spirituality and tagged . Bookmark the permalink.

2 Responses to Mooji – Satsang a Holanda

  1. Pingback: Mooji – Satsang The Netherlands | European Health Foundation

  2. Pingback: Mooji – Sata Los países bajos | European Health Foundation

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *